15.5 C
Irati
domingo, junho 26, 2022
spot_img

A verdade sobre o CORE TRAINING

Olá atletas! O core é um conjunto de músculos da região central do corpo e é responsável pela sustentação e estabilização de todos os movimentos que realizamos. A estabilidade de core consiste na capacidade de produzir movimentos de membros superiores e inferiores sem movimentos compensatórios na coluna vertebral ou pelve, influenciando diretamente nos gestos esportivos e na postura corporal.

Essa região é formada por músculos do assoalho pélvico, reto abdominal, transverso do abdômen, oblíquo interno e externo, multifidos, eretores da espinha e diafragma. Incluem-se nesse conjunto os músculos do quadrado lombar, rotatores do quadril, grande dorsal e trapézio, além dos glúteos e isquiotibiais.

O core tem função de estabilidade e transferência de força. Mas o mais importante no treinamento do core é aquilo que não devemos fazer. Entende-se que os abdominais tradicionais, flexões e extensões da coluna, não são tão interessantes e que o alto número de repetições pode prejudicar a coluna vertebral.

Existem três termos que se tornaram populares no treinamento do core: Anti-rotação, Anti-flexão lateral e anti-flexão/extensão linear. Esses três pontos iniciam o treinamento com exercícios isométricos apenas com o peso corporal e progridem conforme houver adaptações. A respiração é outro fator importantíssimo nesse trabalho e deve ser feito de forma correta.

O treinamento voltado ao bom fortalecimento pode gerar melhora da capacidade física e diminuição de dores, mas deve-se tomar muito cuidado na utilização de sobrecarga, posturas e estímulos errados. É importante levar em consideração os hábitos e as atividades diárias do individuo praticante, principalmente a postura que ele adota no dia a dia.

Relacionados

- Propaganda -spot_img

Mais Recentes