14.1 C
Irati
sábado, 29 fevereiro 2020

Alimentação x Ansiedade

Categorias

Relação de ansiedade e alimentos

Por ser um estimulante do sistema nervoso, a cafeína pode aumentar a ansiedade em algumas pessoas, por isso os ansiosos devem evitar tomar muito café e, principalmente, suplementos à base de cafeína. Outros alimentos como guaraná e chás (chá preto, chá mate, chá verde e outros chás da camellia sinensis) devem ser consumidos com cautela, pois também são fontes de cafeína. Também é bom evitar o consumo dos seguintes alimentos:

Gordura saturada, presente em alimentos de origem animal, especialmente as carnes: provoca aumento da inflamação no organismo, prejudicando o sistema nervoso, além de aumentar o cortisol, hormônio do estresse.

Bebidas alcoólicas: geram rápida sensação de euforia, que pode provocar um efeito rebote logo em seguida, aumentando a ansiedade. Além disso, atrapalham a absorção e a ação de vitaminas e minerais importantes para a liberação de neurotransmissores que controlam o humor.

Carboidratos refinados (como farinha de trigo, açúcar branco e arroz branco): não são fontes de triptofano e vitaminas e minerais importantes para o controle da ansiedade, como os carboidratos integrais. Também agravam a compulsão alimentar, pois geram rápida sensação de bem-estar e satisfação, mas é uma sensação que passa muito rápido, gerando mais ansiedade e necessidade de comer carboidratos.

Alimentos altamente industrializados: são ricos em aditivos químicos (corantes, aromatizantes e conservantes), que aumentam a inflamação e liberação de cortisol, além de prejudicarem o sistema nervoso.
Algumas vitaminas, minerais e aminoácidos são necessários para auxiliar no tratamento da ansiedade, por isso é importante ficar ligado na alimentação.

Vitamina C: ajuda a controlar o estresse e reduz o risco de desenvolvermos ansiedade e insônia. A vitamina C auxilia na produção de neurotransmissores responsáveis pelo bem-estar, como a serotonina. Onde encontrar? Frutas cítricas, caju, morango, mamão, kiwi, goiaba, além de vegetais como pimentão e brócolis.

Vitamina D: manter níveis adequados de vitamina D evita sintomas de ansiedade e até psicose.

Onde encontrar?

Alguns alimentos que fornecem vitamina D são gema de ovo, cogumelos e sardinha. Tomar sol – 15 minutos de sol por dia também ajuda a obter a vitamina D.

Zinco: melhora a qualidade do sono e está envolvido com diversos processos do sistema nervoso, que podem evitar a ansiedade e depressão.
Onde encontrar? Semente de abóbora, soja e castanhas.

Colunista

Samara Neves
Samara Neves

Samara Neves Nutricionista Clínica Funcional e Fitoterapica
Formada em 2012 pelo Centro de Ensino Superior dos Campos Gerais
Pos Graduada em Nutrição Clínica Funcional e Fitoterapica pelo Instituto Ana Paula Pujol
Atua na área de assessoria de restaurante e alimentação coletiva
E como nutricionista clínica há 7 anos.
Participou de vários programas de TV com dicas de nutrição e saúde
E também de congressos sobre nutrição esportiva e estética