21.1 C
Irati
segunda-feira, janeiro 17, 2022
spot_img

Corona Vírus e os Cuidados com os Pets

D
urante os últimos dias tivemos muitas mudanças na nossa rotina. A pandemia nos fez rever muitos conceitos e passamos a nos cuidar muito mais para que não adoeçamos e nem sejamos portadores dessa virose. E nossos pets, como ficam nessa história?
O ramo da saúde animal não pode parar por completo, atendimento de urgência e emergência não foram suspensos, afinal de contas os pequenos continuam precisando de cuidados veterinários. Não vai tardar e em breve outros serviços poderão ser disponibilizados. Mas, é evidente que o mundo em geral precisará ter algumas mudanças de rotina, cada um fazendo a sua parte para buscar acabar com esta pandemia .
Dentre algumas possibilidades para que o serviço de atendimento aos pets não seja prejudicado, algumas sugestões são:
– Atendimento preferencialmente com hora marcada;
– Mesmo em casos de emergência/urgência, ligue antes de se deslocar até o local do atendimento;
– Em havendo pessoas na recepção, o próximo cliente deve permanecer no carro até que se possa fazer a desinfecção do ambiente, obedecendo ao sistema sai um, entra outro;
– É recomendável que apenas um acompanhante por paciente se dirija até o local do atendimento, evitando aglomeração de pessoas;
– Que pessoas com sinais respiratórios evitem marcar atendimento, apenas o façam em casos estritamente necessários;
– Em casos de pacientes internados, visitas deverão ser restringidas, passando boletins constantes por ligações ou WhatsApp, incluindo áudio, fotos e vídeos para tranquilizar os tutores;
Algumas outras medidas ainda podem ser tomadas pelos proprietários de estabelecimento:
– Disponibilização de água com sabão para a higienização das mãos;
– Álcool gel em diversos pontos com acesso fácil;
E pensado em um futuro atendimento de banho e tosa, o ideal seria buscar o pet no carro para que o cliente não precise entrar no estabelecimento e tenha contato com outras pessoas, ou ainda no leva e traz que entreguem seu animalzinho no portão. Ainda no pet hotel seria interessante que os hóspedes tomem um banho assim que cheguem ao estabelecimento.
Lembramos sempre que, até o presente momento, não foi comprovado que nossos pets possam pegar e/ou transmitir o COVID-19.
Também é bem importante deixar bem claro que a vacina realizada em cães (que abrange um tipo de coronavirus) não tem relação com o COVID-19, não devendo, em hipótese alguma, ser usada em seres humanos, sendo que pode ter efeitos colaterais graves, inclusive podendo levar à morte.

Relacionados

- Propaganda -spot_img

Mais Recentes