20.9 C
Irati
quarta-feira, janeiro 19, 2022
spot_img

Falar mal do Concorrente, pode?

Tenho acompanhado, com certo espanto, as redes sociais nos últimos dias e é impressionante como vem crescendo o número de pessoas que acreditam poder falar (e postar) o que quiserem, inclusive xingar outras pessoas, sem sofrer consequências.

E isso tem ocorrido também entre concorrentes. Na ânsia de fechar contrato com o cliente, acabam desmerecendo e inventando fatos sobre o trabalho do outro para manchar sua imagem.

O que a maioria das pessoas não sabem, é que falar algo depreciativo de alguém pode ser configurado como crime e gerar direito a indenização por danos morais.

No caso de concorrentes diretos, ainda é possível entrar com ação por concorrência desleal.

Calúnia, difamação e injúria são crimes contra a honra e estão previstos no Código Penal Brasileiro.

Calúnia é acusar alguém publicamente de ter cometido um crime.

Difamação é dizer que a pessoa praticou ato desonroso.

E injúria é quando uma das partes diz algo desonroso e prejudicial diretamente para a outra parte, como chamar de bandido.

O que fazer?

A primeira coisa é procurar um advogado(a). Antes de pensar em comentar com alguém, responder ou dar indireta, busque o conselho de um profissional competente.

Ele saberá analisar as provas do fato e tomar as medidas cabíveis.
A ata notarial tem muito valor em casos como esses. Leve o aparelho eletrônico (caso as ofensas tenham sido via SMS ou WhatsApp) ao cartório para lavratura da ata assim que possível.

Acima de tudo, não entre no mesmo jogo do ofensor. Mantenha a calma e só comente a respeito com pessoas de confiança.

Relacionados

- Propaganda -spot_img

Mais Recentes