fbpx
domingo, novembro 17, 2019

Lipo Química de Papada

Colunista

Categorias

Compartilhar

Uma das principais vilãs da aparência facial, a papada ou queixo duplo, pode se tonar um verdadeiro tormento para os mais vaidosos. Isso porque, com o passar dos anos o excesso de pele e gordura em baixo do queixo tende a ficar cada vez mais flácido e volumoso prejudicando a aparência; o que requer intervenções estética mais radicais.
Há algum tempo a única alternativa que existia para esse problema era a lipoaspiração cirúrgica. Que necessita de uma cirurgia com cânulas, realizados em ambiente hospitalar, afastando o paciente de suas atividades.
A Lipo de Papada Não Cirúrgica é uma ótima opção para resolver esta situação. É um procedimento minimamente invasivo realizado no próprio consultório odontológico. Com o uso de agulhas muito finas, é injetado na região o ácido deoxicólico, que é semelhante ao produzido pelo próprio organismo, este age na parede celular destruindo as células que armazenam gordura. São necessárias em torno de 3 a 4 sessões com intervalos de 20 dias entre cada uma e os resultados são sentidos desde a primeira aplicação.
Os efeitos secundários mais comuns após a aplicação são: inchaço, vermelhidão, ardor e dormência temporária em alguns casos, e por alguns dias. O paciente não precisa se afastar de suas atividades de rotina. É sugerido que o paciente realize drenagem linfática facial por alguns dias para ajudar a resolver o edema mais facilmente.

- Propaganda -

Colunista

Maria Helena Krieger Stoklos
Maria Helena Krieger Stoklos
Cirurgião Dentista CRO-7393. Maria Helena Krieger Stoklos é formada pela PUC PR, especialista em Implantodontia , cursando especialização em Harmonização Orofacial.