fbpx
sexta-feira, maio 24, 2019

Patricia Neduziak

Colunista

Categorias

Compartilhar

Olá, meu nome é Patricia Neduziak, sou Fisioterapeuta formada pela Uniguaçu e pós-graduanda em Ortopedia e Traumatologia pela Universidade Positivo, atuo em Irati nas áreas de ortopedia e Pilates. 

Hoje, inicio como colunista da revista Bless e todo mês estarei trazendo matérias sobre a saúde do seu corpo e informações sobre o atendimento fisioterapêutico para diversas patologias. 

Vamos começar com um problema que atinge mais de 80% da população mundial, segundo dados da OMS (Organização Mundial da Saúde), a LOMBALGIA.

O que é Lombalgia? 

- Propaganda -

A lombalgia pode ser definida como dor na região lombar, ou seja, aquela dor que sentimos na região final da coluna.

Poucas pessoas sabem, mas a Lombalgia não é uma doença e sim um sintoma, ou seja, é uma consequência de alguma disfunção do seu corpo. Ela pode se desenvolver decorrente da má postura, fraqueza muscular, deformidade anatômica ou de trauma local, afetando igualmente homens e mulheres. 

Nem sempre é possível descobrir a sua causa, mas existem alguns fatores que favorecem a dor lombar:

• Esforços repetitivos

• Pequenos traumas, como queda

• Sedentarismo

• Posição não ergonômica no trabalho

• Artrose da coluna

• Osteofitose (bico de papagaio)

• Osteoporose na coluna

• Síndrome miofascial

• Espondilolistese

• Espondilite anquilosante

• Artrite reumatoide

Observe se sua dor lombar está relacionada com alguns dos fatores descritos acima. Pois primeiro precisamos descobrir a causa da dor para conseguir trata-la corretamente. 

E como tratamos a lombalgia?

A fisioterapia apresenta excelentes resultados, após uma avaliação adequada, o fisioterapeuta ira traçar um plano de tratamento, afim de eliminar e corrigir a causa dessa dor, para que ela não volte mais.

Colunista

Artigo anteriorMovimente-se
Próximo artigoConhecer de Ouvir Falar
Sugestão ou Dúvidas? Contate o colunista no Whatsapp!
Powered by