fbpx
quinta-feira, outubro 17, 2019

Quando procurar um psicólogo, afinal?

Colunista

Categorias

Compartilhar

As estatísticas mostram que no Brasil, 20% da população apresenta algum transtorno emocional, sendo que os Transtornos de ansiedade e depressão lideram essas estatísticas. Muitos não realizam o tratamento por desconhecimento, preconceito, falta de acesso e também por não apresentarem consciência da doença, impossibilitando a busca efetiva por ajuda.
O número de pessoas que sofrem de doenças psicológicas em todo o mundo continua a crescer. Tais doenças vão muito além da mente do indivíduo. São distúrbios e perturbações que prejudicam a mente, os sentimentos, a vida social, a percepção de realidade, as relações sociais e muito mais. Elas chegam, até mesmo, a ocasionar problemas físicos. Resumidamente, prejudicam o bem-estar e a saúde da pessoa como um todo. São inúmeras as doenças psicológicas que existem e dentro nelas há muitas variações, como por exemplo o Transtorno Bipolar, que possui os tipos I, II e III. Da mesma forma, existem vários tipos de depressão, como a depressão severa, a distimia entre outras. Ou seja, além das várias doenças psicológicas existentes, há muitas variações das mesmas, o que torna o diagnóstico e prognóstico de um psicólogo imprescindível para a recuperação do indivíduo.
Então, se você tiver sentimentos que não consegue controlar, pensamentos ou manias que mesmo quando você percebe que não são saudáveis é difícil de retirá-los do seu dia a dia, é muito importante procurar um psicólogo que irá orientar em qual a melhor forma de conseguir essa mudança. E isso não quer dizer que você será escravo da terapia, ou que ela terá uma duração longa, muitas vezes, se a pessoa tiver uma boa capacidade de elaboração e estiver realmente disposta a fazer a mudança, podem ser necessárias poucas sessões. O importante é não se deixar de lado e priorizar a saúde emocional, não ficar com duvidas sobre os sentimentos e comportamentos. Você é muito importante para se deixar para depois.

A MELHOR QUEDA É CAIR EM SI !!!!!

- Propaganda -

Colunista

Marina Harmatiuk
Marina Harmatiuk
Marina Harmatiuk formada em Psicologia pela Universidade Estadual do Centro Oeste em 2009 se especializou em Psicologia Clínica Pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná PUC-PR. Trabalha com Psicologia Clinica a 10 anos, hoje atende na Rua 07 de Setembro 10.