16.1 C
Irati
segunda-feira, maio 23, 2022
spot_img

Medo e seus significados

Qualquer situação que seja percebida como ameaçadora. Esta ameaça pode ser física, moral ou de qualquer outra ordem. Alguns exemplos: Ansiedade ao participar de entrevistas ou reuniões; Perder o sono pela expectativa dos resultados de exames médicos; pensamentos referentes a possibilidade de rompimento do relacionamento, etc.

Algumas vezes damos nomes diferentes à mesma sensação como: apreensão, preocupação, ansiedade, angustia, mas são termos que podem estar se referindo ao medo.

Às vezes a pessoa pode não estar consciente do medo, não percebe inseguranças, mas mesmo assim eles podem impedir situações novas como por exemplo um relacionamento satisfatório ou um emprego interessante. Alguns ficam ansiosos quando tem uma entrevista de emprego, sente medo , e algumas vezes mentem para si mesmos dizendo que não querem este emprego, e podem evitar a entrevista por medo de uma possível reprovação. O medo pode ser manifestar como uma “voz” dizendo que as coisa darão erradas.

Algumas vezes o medo pode se parecer com vozes críticas que dizem que você não consegue, que não é tão bom quanto aquela outra pessoa, não é tão bonita como gostaria, etc.

O medo pode abranger todas as intensidades, desde uma insegurança leve até o terror total.

O medo pode estar presente em: insegurança, preocupação, ansiedade, fobias, ataques de pânico e TSTP, transtorno do estresse pós traumático.

 

O QUE É MEDO SEGUNDO A PSICOLOGIA

Podemos entender o medo como sentimento de insegurança em relação a uma pessoa, uma situação ou um objeto.

Medo é pessoal, o que assusta um pode ser indiferente do outro. Existem pessoas com medo de espaços abertos e não saem de casa, tem pessoas que sentem muita ansiedade de entrar no metrô, outros tem medo de tarefas como por exemplo, organizar uma festa, outros tem medo de baratas, avião, gatos, etc.

Mas o problema pode não ser o metrô, o gato, a festa a ser organizada. O problema pode não ser a pessoa, situação ou objeto, mas a maneira como a pessoa percebe esta situação, pessoa ou objeto.

Por exemplo, uma pessoa que precisa apresentar seu trabalho na reunião da empresa. O problema dela seria falar sobre seu trabalho? Ou o que a faz entrar em pânico é O QUE ELA PENSA QUE PODE ACONTECER, exemplo “E se não gostarem de minha apresentação, e se meu projeto for reprovado , ou se meu chefe me demitir porque descobriu que eu sou um péssimo funcionário que nem sabe apresentar um trabalho. O que vão pensar de mim?”

Um bom passo na compreensão do medo pode ser perceber que todos os medos surgem da preocupação a respeito do que poderá acontecer em conseqüência do evento, e não o evento em si.

A ajuda psicológica ou terapia pode ser aplicada para tratar medo.

 

COMO VENCER O MEDO

Cada medo terá sua causa e portanto seu método de superação poderá ser diferente para cada caso. A ajuda psicológica, ou terapia, estudará a necessidade de técnicas específicas de enfrentamento ou a possibilidade de trabalhar o auto conhecimento.

Fonte: http://www.marisapsicologa.com.br/medo.html

Relacionados

- Propaganda -spot_img

Mais Recentes