16.1 C
Irati
segunda-feira, maio 23, 2022
spot_img

Ozonioterapia

Esse termo pode parecer novo, mas não é, o ozônio vem sendo utilizado na medicina a mais de 80 anos. É utilizado na forma de gás, de água ozonizada que pode ser ingerida e na forma de óleo. Possui efeito bioestimulador, regenerador, antinflamatório, cicatrizador e tem alta capacidade bactericida e bacteriostática. Foi amplamente utilizado na segunda guerra mundial, apresentando ótimos resultados. Há alguns anos migrou para odontologia sendo usado na implantodontia, cirurgias, e mais recentemente em harmonização orofacial.

O ozônio é um gás formado da combinação de três moléculas de oxigênio: O3 . Com ele é possível realizarmos uma harmonização facial de forma natural, orgânica e sem química alguma. Sua aplicação varia de acordo com a concentração que é preparado. Possui efeito bioestimulador podendo ser usado em flacidez tecidual como ocorre na região de papada quando temos sobra de tecido e não somente gordura. Na região de olheira onde é utilizado junto com PRF, eliminando bolsas infraorbitárias e melhorando a coloração das olheiras. Na região de papada e diol queimando gordura de forma indolor, sem reações no pós-operatório. Pode ser utilizado junto com o microagulhamentos regenerando de forma natural os tecidos faciais.

Não possui efeito colaterais e não possui contraindicações. Para poder utilizar o ozônio o profissional precisa possuir capacitação em ozonioterapia e ser credenciado pelo CRO para poder trabalhar como o Ozônio, pois é um gás com grandes efeitos terapêuticos, mas se mau empregado pode apresentar consequências indesejadas.

A terapias com ozônio funcionam como um tratamento onde precisamos fazer em torno de 3 aplicações, que são realizadas no próprio consultório, sem necessidade de anestesia pois é totalmente indolor, e sem reações no pós-operatório.

Dra. Maria Helena Stoklos
Meu nome é MARIA HELENA KRIEGER STOKLOS sou formada pela PUC PR, e sempre gostei muito da parte estética da odontologia. Agora, venho me especializando em harmonização orofacial, pois penso que na odontologia não devemos tratar somente de dentes, mas toda a harmonização dos dentes com a face, respeitando a beleza e a individualidade de cada pessoa para conseguirmos um equilíbrio. Atualmente, a odontologia conta com procedimentos estéticos avançados que conseguem valorizar ainda mais a beleza de cada indivíduo, bem como, procedimentos que recuperam a beleza, conseguindo amenizar os sinais de envelhecimento.

Relacionados

- Propaganda -spot_img

Mais Recentes