15.5 C
Irati
domingo, junho 26, 2022
spot_img

Tecnologia aplicada ao agronegócio

A modernização do setor agropecuário na última década tem estimulado os produtores a conduzirem seus processos produtivos usando as ferramentas tecnológicas disponíveis, que trazem praticidade, redução de custos e aumento de produtividade. Essas ferramentas muitas vezes não são de conhecimento do consumidor final, que exige qualidade no produto que necessita ou deseja adquirir.

Por trás do produto final disponibilizado nas gôndolas de supermercados, nas feiras de produtores, nos tecidos (algodão e seda) e até mesmo em alguns combustíveis, está a ciência e a pesquisa. Cada vez mais o setor do agronegócio se aperfeiçoa e se dedica às pesquisas para que os produtores possam melhorar a sua produtividade, reduzir custos e consequentemente elevar a qualidade do produto final.

Hoje um simples aplicativo de conversas, possibilita que o produtor se comunique de forma rápida com qualquer pessoa, seja sua cooperativa ou o profissional que o assessora, através de fotos, áudios e informações precisas. Isso é tecnologia.

A aplicabilidade das pesquisas está associada aos mais diversos ramos como: melhoramento genético de sementes e de raças animas de produção; uso racional de defensivos agrícolas associado a sistemas de controles naturais; sistemas de produção de biocombustíveis como o etanol; sistemas de monitoramento à distância com georreferenciamento, mapeamento com drones e satélites; estudos científicos e aplicados às praticas de manejo e controle de zoonoses (doenças que podem ser transmitidas aos seres humanos pelos animais); automação em sistemas produtivos como os implementos agrícolas e nas produções de aves, suínos e leite. Enfim, são inúmeros os exemplos que estão diretamente ligados ao dia-a-dia do consumidor.

O produtor rural consegue, por meio da tecnologia, obter vantagens competitivas frente ao mercado, devido à redução de custos e ao aumento de produtividade. Vale lembrar que cada tecnologia tem uma aplicabilidade e procurar um profissional na área é sempre essencial, seja como assistência técnica ou consultoria de gestão, pois auxiliam na tomada de decisão.

A tecnologia moderna também tem viés ambiental, pois foca na sustentabilidade dos sistemas produtivos. A produção de combustíveis renováveis como o etanol, proveniente da produção da cana-de-açúcar é um exemplo de segmento que sempre está avançando em tecnologias de plantio, colheita e processamento. A produção de proteína anima (aves, suínos e bovinos) também caminha para a sustentabilidade, principalmente na questão da destinação de dejetos oriundos dessa produção, utilizando ferramentas, como: compostagem, sistemas de decantação e o sensacional sistema de biodigestão que além de destinar o dejeto de forma correta, ainda gera energia e renda para as propriedades.

Cabe ao produtor avaliar em qual setor da sua produção a tecnologia pode auxiliar e procurar um profissional para melhores resultados. Mais a frente vamos abordar algumas tecnologias já aplicadas em sistemas de produção da nossa região.

Maria Elaine Simão Machado
Graduada em Administração pela Universidade Estadual do Centro Oeste - UNICENTRO. Técnica em Agropecuária. MBA em Agronegócio. Consultora de negócios agropecuários. @consumaagro.

Relacionados

- Propaganda -spot_img

Mais Recentes